sexta-feira, novembro 24, 2006

Tempo...

Não sei se o tempo me tem Ou se sou eu que o tenho Passa por mim o presente Feito de passado Misturado com o agora. O tempo da infância colorida O tempo da adolescência cinzenta O tempo do agora azul. A intemporalidade assusta-me Não há certezas Só a de que existo Neste tempo Que eu não sei se me tem Ou se sou eu que o tenho… texto daqui imagem daqui

2 comentários:

Cristiano disse...

OI MOÇA... passei por aki e deixei um recado só pra dizer que passei por aki... hehehhe
Tenha um Otimo Fim de Semana!!!

wind disse...

Obrigada por teres colocado um poemita meu:)
beijos